Alimentação: 5 decisões para 2016

Comer melhor em 2016 tem impacto real na saúde. Os hábitos alimentares inadequados são as principais condicionantes dos anos de vida saudáveis perdidos pelos portugueses.

A Direção-Geral da Saúde (DGS), através do Blog Nutrimento, do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, sugere cinco medidas que podem fazer uma enorme diferença:

  • Uma vez por semana experimente cozinhar sem sal. Mais de 4 milhões de portugueses sofrem de hipertensão arterial onde o sal tem um papel importante.
  • Substitua o habitual refrigerante ou bebida açucarada diária por água. O consumo regular de refrigerantes está associado ao aparecimento de diabetes tipo II e cárie dentária.
  • Consuma sopa pelo menos uma vez por dia e, sempre que possível, substitua, em parte ou totalmente, a batata por leguminosas (feijão, grão, ervilha, fava, lentilha).
  • Uma vez por semana substitua a refeição de carne por um prato vegetariano.
  • Compre e cozinhe apenas o necessário, reaproveitando e evitando assim deitar comida fora. Um terço da comida produzida no nosso planeta nunca chega a ser consumida.
Fotografia de Bobbi Bowers / Flickr

Fotografia de Bobbi Bowers / Flickr

Fonte: Portal da Saúde

Posted in Alimentação and tagged .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.